Total de Lojas: 778  
 
Ouça nosso Spot 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Flash Player

 

 
   
 
 
 
10/11/2007
Construturas começam a fazer escolhas mais sustentáveis
 

A construção civil começa a mostrar sinais de preocupação com o meio ambiente ao investir em modelos mais sustentáveis para as edificações, hoje responsável pelo consumo de 15 a 50% dos recursos naturais extraídos, 66% de toda a madeira extraída, 40% da energia consumida e 16% da água potável.

Alguns cuidados para melhor a eficiência energética de um condôminio são, por exemplo, o uso de sensores de presença em áreas comunitárias e aquecimento da água por gás ao invés da energia elétrica. Outra solução é a instalação de placas de captação de luz solar.

Para poupar a água, edificações brasileiras já implantam sistemas de reuso de água proveniente dos lavatórios e dos chuveiros, que são tratadas e novamente armazenada para uso exclusivo nos vasos sanitários, e coletores de água da chuva para uso exclusivo na irrigação das áreas verdes.

Neste final de semana, a incorporadora Esfera lança o Ecolife Freguesia, um empreendimento residencial com preocupação ecológica, no Rio de Janeiro.
 
Através da implantação de inúmeros diferenciais sustentáveis que vão desde o processo construtivo até os procedimentos adotados durante a vida útil do imóvel, os moradores do Ecolife são contemplados com uma taxa de condomínio de 20% a 30% menor que o valor cobrado em edifícios convencionais, melhor qualidade de vida e a certeza da preservação ao meio ambiente.

Entre as novidades deste empreendimento estão os elevadores ecológicos, que possuem acabamento com detalhes de revestimento com lâminas de madeira de reflorestamento, aromatizador.

A construtura possui mais 4 empreendimentos em obras, outros 5 lançamentos em São Paulo e 1 no Rio de Janeiro. Todos em fase de certificação “Green Building”, o que se tornou uma tendência mundial.

“Acredito que até 2009 esse fenômeno ocorrerá no Brasil, já que 28% de nossos clientes compram um apartamento pensando no futuro de sua família e no meio ambiente. Isso significa que a sociedade em breve vai considerar os diferenciais ecológicos ao adquirir um imóvel e os sustentáveis serão mais valorizados”, afirmou o engenheiro Luiz Fernando Lucho do Valle, presidente da Esfera.

Fonte: CarbonoBrasil - 10/09/2007

 















     
 
 Conector   Derivador   Onde Comprar    Institucional   Notícias   Prêmios   Direito   Artigos   Downloads   7 Dicas   Fale Conosco 
 
   
  DERSEHN do Brasil - Todos os direitos reservados - Produzido por Sitionet Soluções Digitais